quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Airbus, atinge a fasquia dos 10.000, aviões vendidos

A Airbus anunciou segunda-feira, 17 de Janeiro, a sua encomenda numero 10 mil, na assinatura do contrato com a Virgin America, para 60 aeronaves A320, incluindo, 30 A320neo.

Esta é a primeira encomenda firme para o A320 com a opção de novos motores; e assim a Virgin America torna-se a cliente de lançamento do A320neo, formalizando e ampliando um compromisso inicial feito no Farnborough Air Show, em Julho de 2010.

Os 30 A320 estarão equipados com Sharklets, dispositivos da ponta da asa, destinados a diminuir o consumo de combustível. A configuração interna da cabine de passageiros será igual à dos A320 já existentes na frota da companhia (146-149) lugares, em uma configuração de duas classes.

David Cush, Presidente e Principal Executivo da Virgin América afirma:
"Acreditamos que grande parte do nosso atual sucesso, se deve ao facto de possuirmos o avião certo. Os baixos custos operacionais, o conforto da cabine e o projecto ecoeficiente da nossa frota de Airbus A320 novos, ajudou a estimular o nosso crescimento em três anos e o sucesso no mercado norte-americano - e estamos confiantes de que o A320 NEO nos fortalecerá ainda mais."

"Atingimos a marca da 5.000a encomenda em agosto de 2004 - depois de mais de 30 anos. Chegar às 10.000 encomendas apenas seis anos depois, confirma o êxito da nossa linha de produtos", disse Tom Enders, Presidente e Principal Executivo da Airbus. "E quando a‪ Virgin America, um dos nossos mais novos clientes faz a sua primeira encomenda firme, dando forte impulso ao nosso novo e eco-eficiente A320 NEO, ficamos extremamente agradecidos."

Baseada em San Francisco, Califórnia, a Virgin America foi fundada em Agosto de 2007. A companhia aérea opera exclusivamente com uma frota composta por mais de 30 aeronaves da Família A320, numa rede de rotas cada vez maior dentro da América do Norte. A empresa orgulha-se do seu serviço ao cliente, design exclusivo e amenidades, incluindo WiFi entretenimento em monitores "touch-screen" em cada assento dos seus aviões. A Virgin America ganha constantemente prêmios do mercado de turismo e de escolha dos clientes, pelo seu excelente serviço.

"As companhias aéreas Virgin são conhecidas em todo o mundo pela sua inovação - pelo design com melhor aproveitamento, tecnologia e entretenimento para reinventar a experiência de viajar", disse o fundador do Grupo, Richard Branson. "Estamos muito comprometidos em investir nas soluções de nova geração que tornarão as viagens aéreas mais sustentáveis. As mudanças climáticas não podem ser ignoradas pelas empresas, e acredito que devemos enfrentar o desafio de as combater e encontrar novas e melhores formas de operar. O A320 NEO ajudar nos-á a conseguir isso, diminuindo os custos e reduzindo o nosso impacto no meio ambiente. Os atuais A320 da Virgin America são até 25% mais econômicos e ecoeficientes que a média da frota dos Estados Unidos, e os A320 NEO prometem melhorar ainda mais esses números."

O A320 NEO responde aos mais altos interesses ambientais dos clientes, oferecendo uma redução de 15% no consumo de combustível. Esta opção foi lançada no final de 2010 e as aeronaves começarão a ser entregues em 2016.

Além da economia de combustível o A320 NEO, beneficiará com uma redução de dois dígitos nas emissões de NOx, menor ruído dos motores, custos operacionais mais baixos e um alcance 925 km maior ou duas toneladas a mais na carga útil.

Desde que entrou ao serviço o primeiro Airbus com a Air France, em 1974, o consórcio europeu tem visto as suas vendas crescerem constantemente. Em 1989, após 15 anos de operação, foram vendidas mil unidades. Após menos da metade desse período, sete anos mais tarde, em 1996, as vendas tinham chegado ás 2 mil. As vendas da Airbus chegaram a 3 mil em 1998, mais uma vez encurtando, pela metade o tempo que levou para vender mais mil aeronaves e, no ano 2000, um total de 4 mil aviões tinham sido comercializados, como se pode ver :

1971 - Primeira encomenda (seis A300)

1989 - 1.000º avião vendido

1996 - 2.000º avião vendido

1998 - 3.000º avião vendido

2000 - 4.000º avião vendido

2004 - 5.000º avião vendido

2005 - 6.000º avião vendido

2006 - 7.000º avião vendido

2007 - 8.000º avião vendido

2008 - 9.000º avião vendido

2010 - 10.000º avião vendido

Fonte: Brasilturis

Sem comentários:

Enviar um comentário