quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Marinha dos EUA, testa novo combustível, no helicóptero Seahawk

Com a intenção de atingir o objectivo de diminuir a necessidade de combustíveis fósseis, a Marinha dos USA, efectuoy um voo experimental com um helicóptero Sikorsky MH-60S Seahawk com uma mistura 50/50 de biocombustível a partir da Estação Naval de Patuxent River, Maryland, no dia 18 de Novembro.

O helicóptero, do Esquadrão de Avaliação e Teste Aéreo 21, baseado em Patuxent River, testou a mistura combustível feita a partir da semente da Camelina, a qual é da mesma família das plantas como a semente de mostarda.

“Este tipo de biocombustível oferece á Marinha uma forma de começar a diminuir a utilização de combustível baseado no petróleo com aumento da segurança energética,” disse o Contra Almirante Philip Cullom, director da Força Tarefa Energética da U.S. Navy.

Actualmente os testes estão sendo efectuados com o MH-60S, um dos mais novos helicópteros da Marinha dos EUA. A missão do MH-60S é a guerra anti-superfície, apoio em combate, ajuda humanitária, busca e salvamento e evacuação aero-médica.

No inicio deste ano a U.S. Navy testou este tipo de biocombustível numa aeronave F/A-18F Super Hornet, apelidada de “Green Hornet”. Os resultados desses testes indicaram que a aeronave executou todo o voo sem perda de capacidade ou desempenho.

O voo realizado com o helicóptero Sea HAwk é mais um passo rumo a certificação do biocombustível de fontes que não utilizam petróleo para ser utilizado em todas aeronaves da Marinha e dos Fuzileiros Navais dos EUA.

Os testes continuarão em todas aeronaves até 2011 com o objectivo de aprovar a mistura de biocombustível para uso nos navios e aeronaves da Marinha dos EUA até o começo de 2012.

Sem comentários:

Enviar um comentário