terça-feira, 14 de julho de 2009

Missão da Apolo 11 revisitada, em tempo real, 40 anos depois.

No dia 20 de Julho de 1969, Neil Armstrong entrou para a história como sendo o primeiro homem a pisar a superficie lunar.

A veracidade das imagens divulgadas na data para o mundo ainda é contestada por muitos, mas facto incontestável é que, por causa daquele pequeno passo dado na superfície lunar, a Terra parou para admirar o céu. Ou melhor, o ecrã de um aparelho de TV. Agora, quarenta anos depois, será possível reviver essa experiência por meio de um outro ecrã: a do computador.

A biblioteca e museu presidencial John F. Kennedy irá disponibilizar, a partir de quinta feira, toda a missão Apollo 11 recriada em tempo real. A data escolhida,16 de Julho, é a mesma do lançamento da missão quatro décadas atrás.

O site We Choose The Moon, ou “nós escolhemos a Lua”, irá mostrar a rota da nave desde o momento em que ela deixa a Terra até a caminhada de Armstrong. Os visitantes poderão seguir no Twitter as mensagens entre a torre de controle e a cápsula , para o que tem de se registar para receber um alerta de e-mail quando o módulo lunar aterrar.

Animações também recriam os principais eventos dos quarto dias da missão, incluindo a órbita da espaçonave na Lua e a separação do módulo lunar do restante da nave. Também há vídeos, fotos e até mesmo trechos das transmissões de rádio efetuadas entre os astronautas Edwin Aldrin, Michael Collins e Neil Armstrong e os controladores da NASA.

O nome do site remete ao presidente americano John Kennedy, assassinado seis anos antes do lançamento da Apollo 11. Em 1961, JFK, estabeleceu a meta de chegar à Lua até o fim da década e, no ano seguinte, fez um discurso que dizia:

“Nós escolhemos ir à Lua nesta década, e fazer também as outras coisas, não porque elas sejam fáceis, mas porque são difíceis, porque a meta servirá para organizarmos e medirmos o melhor de nossas energias e habilidades, porque esse desafio é o que queremos aceitar, e que não iremos adiar porque vamos vencer”.

Caso ainda não se tenha decidido, se acredita ou não na história e queira dar mais uma olhada nos eventos, o We Choose the Moon iniciará a transmissão às 8h02 da manhã de quinta-feira, exactamente 90 minutos antes do horário original de partida da Apollo 11. Quem aceder agora, verá que a contagem regressiva já começou...

Fonte: Paula Rothman (INFO Online) - Foto: Getty Images

Sem comentários:

Enviar um comentário