domingo, 7 de junho de 2009

Saiba mais: TCAS - Traffic Alert and Collision Avoidance System

Traffic Alert and Collision Avoidance System, ou TCAS, é um sistema de segurança de voo incorporado nos aviões, cujo objectivo é evitar colisões entre aviões no ar.

O TCAS controla o espaço aéreo ao redor do avião, em busca do sinal de outro TCAS, de outro avião. Quando o sinal é detectado, é avaliada a distância (vertical e horizontal), e emitida uma mensagem de aviso aos pilotos quando aquela distância atinge um nível considerado de perigo ou eventual perigo. É um equipamento obrigatório - de acordo com a ICAO - nos aviões com um peso superior a 5.700 kg ou que transportem mais de 19 passageiros.

Na imagem acima pode observar-se a presença de dois aviões, situados à frente do actual avião: um encontra-se a 800 pés acima (indicado por "+08"), e desloca-se na direcção do avião (pequena seta orientada para baixo); outro, mais à frente, a 600 pés acima ("+06") - Imagem: Wikimedia

Fonte: Wikipédia

Imagem: reprodução/TV Band

TCAS - A sua importância na Aviação Comercial

TCAS (Traffic Collision Alert System ou Threat-Analysis/Collision Avoidance System,) é fundamental, e eficaz na prevenção de colisão de aeronaves.

O sistema permite que o piloto possa ver no seu ND (Navigation Display) ou ecrã de navegação, as aeronaves que voam no mesmo espaço da sua, com informações de altitude (acima ou abaixo em centenas de pés) e se está a subir, nivelado ou a descer.

Num ecrã do ND todo negro, o alvo é representado, inicialmente á distancia de até seis milhas náuticas, por um losango aberto, com a numeração de altitude relativa à aeronave em que se está a voar, isto é, se está uma numeração 00, significa que o outro avião, está na mesma altitude que o nosso, se está 20 (com uma setinha para cima, por exemplo) significa que a aeronave está a 2000 pés acima da nossa, e subindo.

Caso a outra aeronave se aproxime da nossa até uma distância de seis milhas, o losango torna-se cheio (isto é, todo preenchido). Se estiver na nossa altitude ou convergindo para essa altitude e rota, a três milhas torna-se âmbar com o aviso sonoro "TRAFFIC TRAFFIC".

Se continuar a aproximação, o losango torna-se vermelho e começa o famoso "Resolution", no qual o sistema começa a dar directizes, sobre qual a ação evasiva, com instruções "CLIMB CLIMB" ou "DESCENT DESCENT" ou "MONITOR RATE OF CLIMB", quando na tela do PFD (PRIMARY FLIGHT DISPLAY) - onde se encontra o horizonte artificial, climb, velocímetro e altímetro - no Climb aparece uma faixa verde e outra vermelha, indicando qual o valor da subida ou da descida, e aí, corre-se o risco de, se não cumprir-mos as instruções, haver risco real de colisão.

Após o aviador ter executado as ORDENS na fase de "Resolution", e a outra aeronave se ter distanciado com segurança, soa um aviso "CLEARED OF CONFLICT" (isto é, livre de conflito).

Vale lembrar que o sistema só detecta a altitude de outra aeronave se a mesma tiver transponder modo Charlie (aquele que transmite altitude), senão, só aparecerá um alvo primário sem informação precisa, quando aí o sistema torna-se conservativo dando alertas "TRAFFIC TRAFFIC" com a coloração âmbar sempre que tais aeronaves (sem modo Charlie) se aproximarem aquém de seis milhas.

Este sistema é tão completo que, se duas aeronaves equipadas com este equipamento se aproximarem em rota de colisão, os TCAS’s das aeronaves, CONVERSAM entre elas, trocando informações, e instruindo os pilotos a tomarem as rotas evasivas correctas, isto é, coordenam para que cada aviador se distancie da outra aeronave, sabendo o que a outra vai fazer, pois elas COMBINARAM uma rota divergente.

Claro que todo aviador se sente um pouco mais Controlador de trafego aéreo com este sistema, o que, para os Controladores de Tráfego Aéreo, os TCAS, nem sempre são aceites de bom grado.

Por vezes, há pilotos, a dar "palpites", nem sempre pertinentes, o que atrapalha em vez de ajudar, os referidos Controladores de voo, mas aos poucos todos estão aprendendo e a colaborar no sentido de garantirem a segurança nos voos. O importante é que as colisões se tornaram quase que impossíveis de ocorrerem, trazendo assim, segurança e tranqüilidade a todos os envolvidos.

Actualmente, todas aeronaves que voam em áreas congestionadas têm obrigação de ter instalado nelas o Transponder, de preferência,em modo Charlie.
Por: Comandante Antonio Arthur Braga Junior - Fonte: Fórum Alberto Santos Dumont

Sem comentários:

Enviar um comentário